domingo, 5 de outubro de 2008

Sessão de Encerramento: um novo princípio (II)

Nos discursos de encerramento, Rui Marques falou das tormentas que o optimismo e a esperança do MEP terá de enfrentar sobretudo pela instalação do medo na sociedade portuguesa. Para vencer esse medo, o presidente do partido apelou à coragem dos congressistas. Por o MEP já ser uma realidade em movimento, a presidente da Mesa do Congresso, Margarida Olazabal Cabral, apelou à responsabilidade de cada um na construção do MEP demonstrada pela consistência das propostas e pela coerência das atitudes nas vidas quotidianas.

1 comentário:

Rui Ivo disse...

Parabéns à Margarida pela excelente forma como conduziu os trabalhos. O MEP começa a ser uma escola de descoberta de talentos