segunda-feira, 8 de junho de 2009

Um estádio da Luz cheio de gente

"Começamos com este resultado, que sendo excelente não permitiu alcançar o objectivo de eleger um deputado", disse Rui Marques aos cerca de 80 apoiantes que hoje à noite se encontravam na sede do MEP a acompanhar os resultados das eleições. O mesmo responsável congratulou-se por o MEP se ter consolidado como sexta força a nível nacional e ter conquistado 50 mil votos, sublinhando que "há um ano" o movimento contava apenas com 10 mil apoiantes.

"É um estádio da Luz cheio de gente. Existe uma quantidade de pessoas que apostaram em nós e colocaram no MEP uma grande responsabilidade", disse, adiantando que o movimento "vai saber estar à altura dessa responsabilidade". Rui Marques comparou os resultados do MEP ao dos Bloco de Esquerda, quando se candidatou pela primeira vez às europeias há 10 anos, e obtiveram a mesma votação. "Daqui a 10 anos será escrita uma história pela positiva de gente que quer dar um contributo para ajudar a construir um futuro para o país", realçou.

O presidente do MEP adiantou que o próximo desafio são as eleições legislativas de Outubro. "Amanhã vamos recomeçar o caminho. É urgente construir Portugal que é uma obra inacabada. O MEP veio para a política portuguesa para ficar", frisou.

Por sua vez, a cabeça-de-lista do partido, Laurinda Alves, sublinhou que o MEP "já não é uma minoria", pois "50 mil votos são muitos votos para quem começou agora". Laurinda Alves afirmou ainda que a primeira meta foi atingida ao se conseguir "pôr o MEP no mapa".

11 comentários:

Anónimo disse...

Levados ao colo

Voces sao a favor de tudo ?
Nao tem idialogia


VIVA O PCTP MRPP

Fernando Pires disse...

Caro anónimo,

Sem querer dissertar minimamente sobre a sua ideologia política que refere no fim do seu post, deixo apenas o repto para tentar cuidar um pouco mais a forma como escreve. Dar dois erros numa palavra tão simples como 'ideologia' parece-me um assassinato à queima-roupa Língua Portuguesa.

De qualquer forma é sempre bom perceber que realmente o MEP não é indiferente. Não acredito que muita gente a dar-se ao trabalho de comentar blogs do MRPP.

Cordias Cumprimentos.

Anónimo disse...

Viva
Pelo menos não têm mau perder...

Ricardo Assunção Sousa disse...

Quero dar os meus Parabéns ao MEP, sendo neste momento apartidário, é, sem dúvida, no MEP, que me revejo.

Mais do que um partido, o MEP é um movimento, e um movimento supõe abanar consciências, mudar gestos, transformar atitudes.

Mais do que o grande resultado que o MEP teve nestas eleições sublinho que há já 60 mil Portugueses que acreditam que é possível fazer melhor, que têm ESPERANÇA. E isso enche-me de uma tremenda alegria.

Continuemos, se não decepcionarmos estes 60 mil, amanhã seremos 600 mil, e depois de amanhã...

JSerra disse...

Segundo calculos feitos por Pedro Magalhaes... com a votaçao de Lisboa o MEP teria eñeito 1 deputado!
espalhar esa notícia pode ser mobilizador
abraço

http://margensdeerro.blogspot.com/2009/06/deputados_08.html

Nelson disse...

Deixo aqui o registo do distrito de Leiria ter sido aquele onde, a seguir a Lisboa, o MEP obteve melhor percentagem de votos (1,74%) e que na minha freguesia (Maceira) alcançou os 2,21%.
São indicadores de esperança que nos permitem acreditar.
Parabéns MEP!!!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Concordo que foi uma boa votação no MEP. Da nossa parte foram dois votos.
Para as legislativas daria para eleger um deputado.
Todavia, penso que importa densificar as propostas eleitorais.
Na área que melhor conheço - a justiça- o conteúdo do programa é extremamente vago.
Penso que devem ser apresentadas propostas concretas, de forma a captar os muitos votos dos cidadãos descontentes com o actual sistema.
Parabéns.

Arlete disse...

Parabéns ao MEP, pelo vosso trabalho excepcional, pelo vosso esforço, pelo vosso profissionalismo e pelos vossos ideais comuns a muitos portugueses.
Infelizmente não foi possivel a Laurinda Alves estar ocupar o lugar que merecia que é no Parlamento Europeu, mas os mais de 50 mil votos são motivo mais que suficiente para continuarem a ter força e determinação neste caminho.
Eu acredito que "melhor é possivel" por isso a minha inteira confiança no MEP.
Parabéns.

Anónimo disse...

É com muito orgulho que me posso afirmar português ao ver um Movimento de centro conseguir contra ventos e marés chamar a atenção de mais de 50 000 portugueses em pouco mais de um ano. Tenho a certeza que em Outubro vamos ver mais MEP ao ponto de se conseguir eleger deputados para a Assembleia. Da minha parte irei sensibilizar ao máximo aqueles que me são mais próximos para esta causa tão digna. Espero que o MEP venha a fazer uma campanha ainda mais próxima, ainda mais esclarecedora, com caras ainda mais conhecidas e com mais apoios de todos. Melhor é sem dúvida possível, continuem assim.

Anónimo disse...

Vai ser giro daqui a uns anos ve-los acabar.