sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A mudança e a esperança da mudança

No fim desta campanha eleitoral o MEP mostrou já que é a mudança! E a esperança!

Um programa de grande qualidade, ambicioso mas exequível, um programa próprio de um grande partido. Uma campanha positiva, imaginativa e enérgica, que mostra que há capacidade de pensar e há capacidade de executar.

Muitos portugueses identificam-se com os valores do MEP. Comparando com a campanha das europeias de Junho, nos últimos dias senti muito mais pessoas a dizer sem hesitações que iam votar MEP.





Mas o MEP é mais do que a mudança. É a esperança de uma política diferente à escala nacional. A eleição de deputados do MEP permitirá que todos os portugueses conheçam as ideias e a forma de fazer política deste partido. Assim, nas eleições seguintes o MEP poderá estar de igual para igual com os outros partidos grandes e marcar positivamente o rumo da política em Portugal.

O MEP já não é o desconhecido de há três meses: é o sexto partido mais votado nas últimas eleições. E isso deve-se aos mais de 55000 votos que o MEP teve nas eleições europeias. Cada um daqueles votos foi uma peça importante na construção da alternativa que o MEP é já hoje.

Por isso o voto MEP é muito mais do que uma escolha para o próximo Parlamento. Cada voto no MEP, qualquer que seja o seu círculo eleitoral, é uma peça da esperança numa mudança: que a política portuguesa se exerça sua forma mais nobre, o serviço ao bem comum.

No próximo domingo, vote MEP!

É de certeza um voto útil na construção de um Portugal muito melhor!


6 comentários:

Joao Ricardo Lopes disse...

Efectivamente, do que pude acompanhar, foi uma campanha positiva.
Não sei se vai dar os frutos pretendidos ou não
Espero bem que sim. Mas caso isso não aconteça, há que arregaçar as mangas e promover a implantação do partido em todos os distritos . Enm todos os lugares possíveis,
Olhemos para o BE. apesar de aparecer da fusão da UDP com o MES,
levou dez anos a conseguir a consolidação.
É claro que, pelo modo como o MEP promoveu o seu discurso, vai ser mutio mais fácil.
Vamos ter esperança e acreditar que vai dar certo.

Ricardo Santos disse...

Ricardo Santos, eleitor da freguesia da Ramada, concelho de Odivelas, distrito de Lisboa: O meu voto para o MEP já lá mora. Força, espero que o MEP consiga chegar ao parlamento.

Anónimo disse...

Mas que fiasco! :S Que se passou?
Menos de metade dos votos das Europeias, Passaram de 1.5% para 0.45%. Ultrapassados pelo MRPP, Muito longe de eleger um deputado em Lisboa... Para quem queria eleger 3 deputados é um fiasco gigantesco. Votei pela primeira vez no MEP com esperanças que fosse possível eleger um deputado mas após o dia de hoje fica um travo bastante amargo..è preciso parar e reflectir o que se passou no dia de hoje...

Anónimo disse...

Ultrapasado pelo mrpp ?
Levaste foi uma granda tareira do PCTP/MRPP em termos de partidos nao parlamentares .
Fizeste Metade doque fez o mrpp .
Luta contra o PND tas muito longe do MRPP.
Caso para disser que o voto no MEP foi um voto inutil.O PCTP /MRPP e o 2 partido mais antigo em Portugal .
Nao apareçeu hoje , tiveram um bom resultado nas europeias porque acharam graça a voces.

Mas nem desgosto de voces , acho que se deviam defenir , esquerda ou direita .
Abraço , mas nao acabem faz falta forças nao parlamentares , nao posso falar muito como dei a entender sou de um partido tambem nao parlamentar.


Mas acima de tudo ficamos a vossa frente ahaha a

Aprígio Venda - Rebordosa disse...

Olá, amigos!

Espero que não estejam desiludidos.
O(s) resultado(s) obtido(s) pelo MEP nestas eleições legislativas apenas demonstram a necessidade que existe na sociedade portuguesa da existência dum partido como o nosso. Hoje deve ser o primeiro dia "a sério" desta grande aventura a que todos nos lançamos.

O país necessita do MEP:
Porque ainda há muita gente que não acredita que é possível fazer política com sentido de serviço.
Porque ainda há muita gente que não tomou consciências que somos todos (cada um de nós) responsáveis pela realidade em que vivemos.
Porque há muita gente que precisa que outros os façam acreditar que é possível fazer melhor.

É preciso persistência:
Acreditar por aqueles que não acreditam.
Confiar naqueles que não confiam.
Lutar por aqueles que já cruzaram os braços.
Coragem, Rui Marques. Temos 4 anos para mostrarmos no dia-a-dia (fora do parlamento) que a política é responsabilidade de todos.

Só peço que mantenham a Chama da Esperança bem acesa.
Acreditem: Hoje já somos muitos… Amanhã seremos muitos mais.
Uns semeiam... Outros colhem...
Por mim não me importo de ser "apenas" mais um a semear a luz da Esperança.

Muito obrigado ao Rui Marques e a toda a equipa MEP. Sei que o meu voto contou e vai continuar a contar.

Muitos duvidam. Mas eu acredito que MELHOR É POSSÍVEL.

Anónimo disse...

Votei MEP e não me arrependo. O resultado não foi o esperado, mas penso que fizeram muito com o pouco que dispunham!
O vosso programa e as vossas linhas agradam-me. Espero ver este Movimento crescer sem nunca abandonar estes ideias de justiça, fraternidade e esperança!

Força MEP